Recital de órgão de Radoslaw Marzec dia 15 de Outubro na Igreja da Piedade, em Santarém

O encerramento da série Recitais Comentados 2017, programação promovida pela parceria Órgãos Históricos de Santarém, tem lugar dia 15 de Setembro, domingo, às 17h30, na Igreja da Piedade, em Santarém. A execução musical estará a cargo do organista Radoslaw Marsec, organista polaco. Este recital constitui a estreia deste organista no acervo patrimonial Órgãos Históricos de Santarém. Os comentários falados estarão a cargo de David Paccetti Correia, director artístico da programação.

O espectáculo é preenchido com repertório português (Fr. Roque da Conceição, séc. XVII-XVIII), espanhol (Francisco Correa de Arauxo, 1584-1654; Antonio Martin y Coll, 1650-1734; Diego Xarava, séc. XVII-XVIII) e polaco (Adam de Wagrowiec, m.629).

Radoslaw Marzec nasceu em Bialystok, Polónia, em 1971. Estudou na Academia de Música de Feliks Nowowiejski, em Bydgoszcz, com Piotr Grajter, onde obteve diploma com distinção. Aperfeiçoou as suas competências no Conservatório de Música de Estrasburgo, França, com André Stricker. Em 1994 foi galardoado com o Prémio Principal do Concurso de Órgão de Rumia. Em 1999 foi finalista do Concurso Internacional de Órgão de M. Tariverdieva, em Kaliningrado, onde obteve um prémio especial pelo melhor desempenho das composições obrigatórias. Em 2006 publicou um CD de música de órgão de Adam de Wagrowiec. É professor titular do Departamento Instrumental da Academia de Música de Bydgoszcz. Actua na Polónia e no estrangeiro a solo, bem como com o dueto Cellorganic com a violoncelista Renata Marzec, sua mulher.

O órgão histórico da Igreja da Piedade, em Santarém, foi construído em 1795, pelo organeiro Joaquim António Peres Fontantes e restaurado em 2009 por Dinarte Machado.

A série Recitais Comentados 2017 – cinco espectáculos de órgão solo, um por mês, de Junho a Outubro – que agora encerra, tem como objectivo trazer até ao público dos Órgãos Históricos de Santarém organistas de proveniências variadas,o repertório favorito de cada dos organistas e a sua perspectiva interpretativa musical própria. Também pretende disponibilizar ao público alargado eventos musicais de duração inferior a uma hora pontuados por comentários falados, pistas facilitadoras da compreensão do
repertório executado.

Mais informações em www.ohs.pt e https://www.facebook.com/historical.organs.santarem

David Paccetti Correia
Coordenador dos ÓHS
Para mais informações, por favor contacte-me:
coordenador.ohs@ohs.pt
969724956